• Viaje com Pouco

Xel-Há, o parque que é o paraíso da Riviera Maya

Atualizado: 16 de Jul de 2019

Olá Viajantes!!


Sabe aquela imagem de Caribe com praias lindíssimas, drinks deliciosos – e lindos- na beira do mar?



Entrada do Parque Xel-Ha

Agora fecha os olhos e se imagine sentado em uma cadeira com comida à vontade - peixes, camarões, lulas - muitos mojitos e piñas coladas.. aí você se levanta e entra em mar de águas cristalinas... mergulha e, ao botar a máscara de snorkel no rosto, se depara com uma infinidade de peixes coloridos e arraias passando no fundo. Parece sonho?



E se ainda tivessem tobogãs de 40 metros de altura com uma vista sensacional, além da adrenalina da descida? Ou Arvorismo, slack line e tirolesas sobre esse mar absurdamente lindo?



E se a água não fosse gelada?



E pudesse saltar de uma pedra diretamente pra esse paraíso?



No outro post sobre Cancún indiquei lugares que considero imperdíveis na região.


Dentre eles estão os parques do XCARET, um complexo de parques temáticos que incluem desde de praias paradisíacas, parques dentro de cavernas e outros de aventuras radicais!


Mesmo diante de tantas praias e cenotes lindos, confesso que meu coração ficou dentro de um dos parques: o Xel-Há! E foi amor a primeira vista!



Depois que compartilhei um pouquinho do meu dia e algumas fotos com dicas no Instagram, recebi dezenas de perguntas sobre como comprar, como chegar, dicas e minha opinião pessoal sobre a experiência. Por isso vou separar a descrição deste e do outro parque que visitei, o XPLOR!


PRINCIPAIS INFORMAÇÕES:


O Xel-Há é um parque aquático que conjuga praias, paisagens incríveis, um open bar de respeito, área de mergulho com snorkel com muitos peixes, arraias e quantos outros animais marinhos aparecerem por lá!


Foi meu paraíso na região da Riviera Maya, onde está localizada Cancún!


Eu fiquei tão deslumbrada que quase não conseguia fazer mais nada senão nadar por todas as partes e apreciar os cenários absurdamente lindos que pareciam tirados de filmes Holywoodianos!


E pra aproveitar ao máximo sugiro chegarem às 8:00 horas ao portão de entrada e guardarem TUDO nos armários disponibilizados pelo parque.


Cadeira de foto, basta aproximar a pulseira da máquina e a foto é acionada

O parque te disponibiliza toalhas para uso interno, portanto não é preciso se preocupar com absolutamente NADA! Passei o dia todo de biquíni e peguei toalhas quando precisei. Os copos de drinks podem ser deixados em locais específicos que estão por toda a parte e para comer é só entrar no restaurante desejado.


Lá existem 3 opções: comida internacional (com frutos do mar, sushi, fast food, sucos naturais e comidas mexicanas), só fast food com todos os tipos de aperitivos, pizzas, hambúrgueres e etc, e comida mexicana, que oferece comidas típicas do país (uma boa oportunidade conhecer os diferentes sabores mexicanos)



Outra sugestão é levar uma muda de roupa e ao final do dia, perto das 18 horas, pedir uma toalha nova e tomar um banho por lá! Os chuveiros tem sabonetes líquidos e o banheiro é super limpinho e organizado. Além de não voltar grudento de praia e com a roupa molhada, já pode continuar o passeio do dia.


De lá, aproveitei pra voltar pra Playa del Carmen, onde estava hospedada, e já segui para um barzinho na 5ª avenida!


Ah! Todas as atividades requerem colete salva-vidas que podem ser encontrados nas entradas de cada atração do parque, mas já adianto que a maior parte do tempo você vai estar molhado, então uma bolsinha impermeável pra guardar o celular e aqueles sapatinhos de corais são ótimas pedidas.


Se não quiser arriscar o celular, uma última informação: sua pulseirinha de acesso contem um código e basta aproximá-la dos locais indicados que uma foto automática é tirada no ponto de referência. Em geral os pontos são pontes, mirantes, um cenário com uma rede ou com uma cadeira gigante. No final do dia, se gostar das fotos, elas são entregues em um pen drive por cerca de 60 dólares.


Eu levei meu celular em uma capinha dessas que vendem em camelôs e deu tudo certo, mas pra quem preferir pagar, com certeza é mais cômodo!




O QUE TEM PRA FAZER?


Se você está lendo esse blog imagino que não está hospedado em um resort all inclusive, logo, uma opção pode ser só escolher uma espreguiçadeira de frente do pro mar, pegar uns bons drinks e relaxar



Mas se está, ou procura algo mais agitado, outra opção é rodar o parque inteiro e desfrutar das várias atrações como o passeio de boias pelo mar (que percorre um caminho, tipo os nossos “rios lentos” dos parques brasileiros), ou teinar cliffjump e subir de volta escalando a pedra, brincar nas tirolesas que terminam na água, testar sua força e equilíbrio no arvorismo ou slack line, cruzar a ponte flutuante, descer um tobogã de 40 metros de altura, ou ainda, encarar uma bicicleta aérea, barco de alta velocidade ou interagir com animais (esses últimos pagos a parte)


Pra saber tudo que o ingrsso inclui, acesse aqui.


Além de comer muito muito bem! Me acabei em comidas deliciosas durante todo o dia! Almoço, café da manhã e jantar!




QUANTO CUSTA e COMO COMPRAR?


O preço de bilheteria é 89 dólares, que se comprados com outros parques, pode ser mais baixo (15% de desconto).


Outra opção é comprar antes pela internet. Além de ter um preço exclusivo, pode ser comprado antes da viagem ou parcelado, o que torna o gasto um pouco mais leve no final.


Para comprar acesse aqui


Pode parecer caro e destoar da proposta do blog, mas existem experiências que considero imperdíveis. Uma delas é a visita a qualquer dos parques do grupo XCARET. São produções incríveis!


Lugares de tirar o fôlego que dão uma incrementada no roteiro tradicional de Cancún.


Escolhi dois: Xel-Há e Xplor e só não fui em mais por falta de tempo!




Um cenote no Xel- Ha

COMO CHEGAR?


Para chegar lá existem “colectivos”, transportes públicos que saem a cada 5 minutos desde Playa del Carmen ou Cancún e deixam na porta do parque! Custam cerca de 45 pesos (saindo de Playa) ou 90 pesos (saindo de Cancún) e são vans super confortáveis com ar condicionado.

Achei seguro e barato. Tinham vários estrangeiros usando e o motorista é super atencioso. Só dizia onde pretendia descer e ele me avisava quando chegávamos para que pudesse desembarcar.


E esses transportes circulam o dia todo, até as 23 horas!


  • Onde encontrá-los?


- Em Playa del Carmen estão na esquina da Calle 2 com a Avenida 15. Basta perguntar pelo transporte que vai a Tulum, já que os parques são nessa estrada.


- Em Cancún saem da frente da estação central ADO. Se estiver hospedado na Zona Hoteleira, só pegar o ônibus R1 até a estação e cruzar a rua para encontrar as vans em direção a Tulum ou Playa del Carmen.


Com certeza recomendo dar uma economizada nesse ponto, considerando o custo dos ingressos.




OUTRAS OPÇÕES!


Para conferir detalhes do paque, acesse o blog!

Para outras opções de parques, visite o site do Xcaret


Não é um lugar que mochileiros ou pessoas com o orçamento pequenininho costumam visitar, mas como sempre falo no Instagram, se economizar em comidinhas e hotéis, as experiências se tornam possíveis!


Se quiserem ver um pouquinho do que foi esse dia, não deixem de conferir os destaques do perfil no instagram!


RESERVE AQUI A SUA VIAGEM!

(Você sabia que reservando pelos nossos links aqui do blog, você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão? Isso ajuda muito a manter o blog e trazer mais conteúdo legal e gratuito! <3)

🏨 Hospedagem

🚘 Carro com até 60% de desconto

📮 Seguro Viagem

✈️Passagens aéreas

📲 Chip Internacional


E aí, vamos viajar? #viajecompouco

Qualquer dúvida só chamar por aqui, e-mail ou instagram!


112 visualizações

© 2017 Viaje com Pouco. Todos os direitos reservados.