• Viaje com Pouco

San Andrés - Colômbia : Guia e dicas para economizar na sua viagem!

Atualizado: 29 de Mai de 2019


Olá viajantes!

San Andres é uma linda ilha que pertence à Colômbia, conhecida pelo seu mar de 7 cores e por ser o Caribe que a gente pode pagar!


A ilha de San Andrés está localizada no mar do Caribe, próxima à costa da Nicarágua. Conhecida pelo seu mar incrível com diversas colorações, é o destino ideal de quem quer curtir o Caribe sem gastar mundos de dinheiro.

Isso porque é uma das mais baratas opções e os preços na Colômbia não são tão altos.

Apesar de pequenininha (26 km de extensão) a ilha tem várias opções de passeios e coisas pra fazer, o que torna 1 semana um tempo bom para gastar no local.

Além disso é zona franca, o que possibilita algumas comprinhas pagando menos que no Brasil. Pelo que pesquisei perfumes e licores eram os que tinham melhores preços em comparação com os nossos, mas algumas lojas vendem óculos de marcas famosas a bons preços, vale a pesquisada.


ATENÇÃO! É cobrada uma taxa de até 40 dólares para uma entrada e permanência na ilha por até 90 dias, então cuidado porque cada entrada na ilha vai custar esse valor, então não compensa programar muitas entradas e saídas. Se vai a outras cidade, não coloque San Andrés como 'base'.

Outra observação importante é ter cuidado com as companhias aéreas "low cost" Viva Colombia e Wingo. Os preços são realmente excelentes, mas CUIDADO com a bagagem e a impressão do cartão de embarque. Só é permitido gratuitamente o embarque de UMA mochila de até 6 kg que encaixe embaixo do banco do avião. Qualquer outro tipo de bagagem será cobrada e não é pouco! Imprima o cartão de embarque antes. Imprimir na cia aérea pode custar mais de 30 reais por trecho.

--> https://www.vivacolombia.co/co

--> https://www.wingo.com/es


FIQUE ESPERTO! Todo mundo sabe que brasileiro indo pra Colômbia não precisa de passaporte, mas verifique a escala do seu voo. Se tiver comprado a passagem pela COPA AIRLINES, há uma conexão no PANAMÁ e é INDISPENSÁVEL ter um passaporte. Caso contrário, não é permitido o embarque. Verifique certinho os detalhes com a cia aérea.

MAIS UM ALERTA: Tome a vacina da febre amarela com bastante antecedência. Recomendo que sejam 20 dias antes, porque há um período até ela fazer efeito e se não for cumprido certinho, também dá problema no embarque.

Além disso, após tomar, vá até a ANVISA dentro do aeroporto e emita um cartão internacional!

Agora que já alertei sobre possíveis dores de cabeça, vamos à ilha!

No primeiro dia na ilha fui à praia principal que fica no centro (norte da ilha) próximo ao hotel e caminhei pelas ruas e lojas. A ilha é super quente, então recomendo andar sempre com uma garrafinha de água.

No centro tem wi-fi gratuito, então se precisar de uma conexão à internet e não achar o bom e velho Subway, vá ao centro da ilha, onde tem uma pracinha perto da praia, e use à vontade!


Por do sol na praia principal

Pra quem fica hospedado no norte da ilha, o transporte só será necessário para ir ao sul ou locais mais distantes. Tudo se pode fazer caminhando. Para me locomover pela ilha, usei moto táxis. Não são credenciados, se tratam de moradores da ilha com os quais você pega carona e dá uma ajudinha da gasolina. 2.000 pesos é a média que cobram por pessoa (levam até 2 pessoas) já o táxi custa entre 10 e 15.000, e o ônibus custa 2.200. Não tive problemas, mas estava sempre acompanhada.

-> Mulheres sozinhas: bom se informar sobre a segurança das motos ou pegar as "caronas" com mulheres.

No centro também existem pessoas que trocam dólar e real e que são confiáveis. Os bancos possuem horário fixo para as trocas e as casas de câmbio trocam a um valor bem mais baixo, então recomendo que façam os câmbios na rua. Me foram recomendados e também não tive problemas. Pra quem vem de outra cidade, é bom consultar os valores. No meu caso trocar em Cartagena me saiu melhor.

Na ilha estão trocando a 2.650 pesos cada dólar e 700 pesos cada real. (Julho/2017)


Sugestões de locais para comer na ilha:

La Foundita Isleña, Restaurante Marú, as empanadas das senhoras na beira da praia principal, Presto hamburgueria.

Existem vários restaurantes que servem pratos bem servidos acompanhados de sopa e um refresco a preços ótimos.

Procure pelos menus "ejecutivos".

Fotos:

  • Restaurante Marú, em frente ao Titanic.

  • Além das famosas empanadas de caranguejo, sugiro que provem as deliciosas arepas de queijo! Um dos meus pratos preferidos na Colombia!

  • E um café na deliciosa Juan Valdez:


Existem vários passeios de barco para ilhotas próximas que saem diariamente e em vários horários da ilha. Se o tempo é curto recomendo o V.I.P que inclui as ilhas de Jhonny Cay, complexo do Aquário Natural, interação e fotos com arraias e passeio pelos mangues. O barco passa pelas principais atrações próximas a San Andrés.


Jhonny Cay é uma ilhota de águas azuis e mar um pouco mais agitado.

Ótima para tomar banho porque é mais funda que as outras ilhas e uma ótima opção para passar o dia.

Os barcos saem por vários horários a partir das 9:00 e retornam às 15h. Para quem tem mais tempo, os barcos de ida e volta só para a ilha custam em torno de 15 a 20.000 pesos.


Minha sugestão é levar lanches, frutas e bebidas porque os preços chegam ao dobro de San Andrés! Um prato de peixe com arroz, salada e patacones (um acompanhamento de banana frita) sai por minimo de 30.000 pesos por pessoa, enquanto em San Andrés são encontrados facilmente pela metade do preço.


A outra atração é o Aquário Natural, uma ilha com recifes de corais muito próximos e mar tranquilo,o que facilita a aproximação de animais como peixes, pequenos tubarões, arraias e ouriços.

A dica é comprar sapatos e máscaras para a observação e caminhada nos corais. Comprei os meus na cidade e paguei cerca de 35.000 pesos nos dois. Lá o aluguel custa 20.000 para cada um e como a maioria dos passeios na ilha necessita mascara e sapatos, vale a pena comprar pra não morrer em mil aluguéis.

Lá também é possível interagir com arraias (selvagens, não são de cativeiro) e tirar fotos!

Insisti para ver as arraias soltas em ambiente natural e acabei saindo da área demarcada pelas bóias.

Encontrei mais de 15 arraias e nadei com snorkel um tempo as observando, foi incrível!

Tirei a prova: elas são mesmo selvagens e são atraídas pelas empresas com peixes.

Por fim, antes de regressar para a ilha no fim do dia, o barco dá uma passada pelos mangues, onde se pode observar a fauna marinha e ver estrelas, caravelas, camarões, peixes e pepinos do mar.

É um passeio incrível e com certeza recomendo! Fiz com a empresa Blessing e um dos funcionários me mostrou tubarões no Aquário!

Contato Ricardo da Blessing: +57 318 7084501

Se optarem por essa empresa, entrem em contato com o Ricardo e falem que a Letícia do Viaje com Pouco indicou, isso te dará 5 mil pesos de desconto em cada passeio agendado com ele! OBS: ele agenda todos os passeios da ilha, o que pode significar um valor considerável no final :)


Custo: 130 mil pesos +30mil opcional de fotos e vídeos

Esse foi um dos passeios mais incríveis e considero um must-do da ilha! O mar é sensacional e as famosas 7 cores são reais até embaixo da água. É possível ver um degradê estonteante de tons de azul.

Se ainda não bastar, a fauna e flora são de tirar o fôlego! Corais, plantas, peixes de milhares de tamanhos e cores, arraias e até tubarão! Uma experiência mais que incrível!

Pra quem não tem curso de mergulho, não se preocupe! Um guia desce junto e tira as fotos, mas não fica nos segurando. É um mergulho totalmente livre!

Pra quem quer fazer o curso que emite o certificado PADI, custa em torno de 850.000 pesos e dura 5 dias! Não fiz por falta de tempo, mas com certeza recomendo.


Custo: 160.000 pesos por pessoa.


Parasail é uma espécie de pipa com cadeirinhas puxada por uma lancha. Cada dupla sobe e sobrevoa o mar a uns 60 metros de altura, proporcionando uma vista de outro ângulo da ilha. O passeio sai do porto de Portofino e dura em média 1 hora e meia. A lancha tem capacidade de 12 pessoas e o voo dura em torno de 15 minutos para cada dupla.

Durante o passeio é possível ver de pertinho cada uma das 7 cores do mar, enquanto escuta música e se diverte com as brincadeiras do Richie com a pipa. Lá de cima a visão é de tirar o fôlego. Se vêem todas as ilhotas e a ilha principal, o mar e alguns navios naufragados.

No meu vôo vi um cardume de arraias passando. Como o mar é transparente, se pode ver atrás dele mesmo a 60 metros. Não dá medo nenhum, é super seguro e tá no top 10!


JetSki Custo: meia hora por 90.000 pesos


Se de lancha curtir o mar já é incrível, imagina pilotando um JetSki e podendo parar onde quer?

Infelizmente não tive tempo para fazer, mas o Lucas (@lopeslucas_), um amigo, fez e disse que é um passeio incrível! Inclusive se pode chegar nas ilhotas perto da Ilha porque estão bem perto!

O melhor é que não precisa de habilitação específica, então qualquer um pode curtir o ventinho no rosto passeando pelas mil cores do mar.


Existem diversas opções para conhecer a ilha e fazer uma "Volta na Ilha", entre elas:

  • Aluguel de moto 10 horas (de 9 as 18): 60 a 70.000 pesos;

  • Aluguel de moto 24 horas: 90 a 120.000 pesos;

  • Aluguel de carrinho de golf 10 horas para 2 pessoas: 110.000 pesos;

  • Aluguel de carrinho de golf 10 horas para 5 pessoas: 150 a 180.000 pesos.

Alugando um carrinho ou uma moto é possível dar a volta na ilha em cerca de 30 minutos a 1 hora. Aluguei uma moto por 24 horas e dei a volta na ilha parando em algumas atrações.


Do norte, saindo pela praia reto se chega em San Luis, uma praia lindíssima no meio da ilha da qual de pode ir caminhando por dentro da água (sim, caminhando) até Rock Cay, uma ilhota com alguns corais e um navio naufragado onde se pode fazer snorkel (cuidado com os ferros e recomendo levar sapatos aquáticos).

Em direção ao sul tem mais praias lindas que valem a parada. No sul tem o Hoyo Soplador que estava fechado, mas se trata de uma espécie de geyser de água e a entrada é baratinha. Logo a frente está a Cuerva de Morgan, um Museu e caverna de visita rapidinha.

Já subindo pela costa oeste estão La Piscinita e West View: zonas de snorkel que custam 4.000 pesos para entrar. Escolhemos ir ao West View porque tem um trampolim e um tobogã dos quais caímos no mar.

ATENÇÃO: Se não quiserem pagar as entradas, passando um pouco do West View tem umas pedras e uma entrada como um deck, que tem a mesma observação dos dois (já que é o mesmo mar)!

E subindo mais se chega ao centro novamente. Cortando por dentro da ilha, no centro, existe um Sendero natural para andar a cavalo, fazer caminhadas ou só observar a vista das mil cores do mar! É um passeio incrível e não precisa de habilitação para alugar!

Faça a sua reserva na pousada utilizando o Booking.

Faça a sua cotação e reserve o seu seguro viagem com 5% desconto utilizando o código "viajecompouco" na SegurosPromo.

Compre a sua passagem aérea com o melhor preço na Passagens Promo.

Vai reservar um carro? Faça a cotação e garanta o melhor preço com a RentCars.

Nossa dica de hospedagem você encontra aqui.

E para quem pretende investir um pouco mais na hospedagem, o Blog Destinos&Afins tem uma super dica! Só clicar aqui.

O guia de passeios do Blog Mala de Viagem tá muito legal também! Vale a pena dar uma conferida aqui.


Qualquer dúvida pode ser respondida aqui nos comentários ou por e-mail!

Até a próxima!

Viaje com Pouco!

#viajecompouco #sanandres #colombia #guiasanandres #comoeconomizaremsanandres #jhonnycay #aquarionaturaldesanandres #voodeparasail

2,617 visualizações

© 2017 Viaje com Pouco. Todos os direitos reservados.