• Viaje com Pouco

Estenda a sua conexão por Buenos Aires! Dicas do que fazer em algumas horas na capital da Argentina

Atualizado: 24 de Jun de 2019


Olá viajantes!


Na minha recente viagem para Bariloche, o voo parava em Buenos Aires, e por isso peguei o maior tempo de conexão disponível entre os voos para conhecer Buenos Aires e vou contar para vocês como aproveitar algumas horas e o que conhecer na cidade!


Além disso, também tem dicas para quem for fazer essa conexão e tiver que trocar de aeroporto.


Casa Rosada

Buenos Aires é uma cidade enorme (uma das maiores da América Latina) cheia de parques, museus, ótimos restaurantes, tangos e de uma arquitetura fantástica.


Por ser uma cidade grande, é essencial você saber se durante uma conexão você irá precisar mudar de aeroporto. Os voos internacionais chegam no Aeroporto Internacional Ministro Pistarini (mais conhecido como Ezeiza), e os voos dentro da Argentina normalmente partem do Aeroparque Nacional Jorge Newbery.

A distância entre eles é gigantesca e ali vai um bom tempo de deslocamento (portanto, leve isso em consideração na hora de comprar a passagem).


Desembarquei no Ezeiza às 00:00 de uma sexta feira. O aeroporto estava relativamente vazio e ali tinham alguns restaurantes, uma casa de câmbio e algumas opções de transporte. Como o sinal do Uber é bloqueado no aeroporto, optei por pegar um táxi com taxímetro, que custou cerca de R$ 140,00 (700 pesos) e o trajeto durou quase 1 hora sem trânsito na cidade. Mais uma vez meu chip internacional da EasySim4u me ajudou muito nisso, pois sabemos que os taxistas gostam de dar aquela volta na cidade, mas isso não acontece se você estiver com o Maps aberto! (fica a dica).

Há também a opção de pegar um ônibus ArBus, que custa 180 pesos por pessoa, e há também o transfer gratuito que a Aerolineas Argentinas oferece para os seus passegeiros (Poxa Latam!).

O Aeroparque J. Newbery fica mais perto do centro da cidade, então fica a dica pra quem for estender a conexão fazer isso preferencialmente quando desembarcar no Aeroparque.


Também não consegui um uber no Aeroparque, então peguei um táxi até o restaurante Chin Chin (super bem avaliado no TripAdvisor), que fica na rua Estados Unidos 500, próximo à Casa Rosada (minha primeira parada). O táxi custou 200 pesos (40 reais).


Almocei um delicioso salmão que custou algo em torno de 200 pesos (40 reais).


Achei que o preço do prato foi super justo, pois a comida estava muito boa e muito bem servida (não consegui comer tudo mesmo estando com muita fome! hahaha).


Como o restaurante fica perto da Casa rosada, fomos caminhando até lá. Existem vários mapas gratuitos da cidade, e é sempre interessante você ter um, principalmente se não tiver internet.

No caminho entramos na Igreja Católica Basílica de San Francisco, que fica a poucos metros da Casa Rosada


Casa Rosada: Sede do Governo da Argentina


Fica numa calma praça de lindos prédios e contrastes arquitetônicos, a praça tem um belo jardim onde pessoas ficam deitadas. Não cheguei a entrar por estar com o tempo um pouco corrido, mas pelas minhas pesquisas, existem visitas guiadas em inglês e espanhol, que tem que ser agendada por esse site.

Logo após o Palácio tem o Parque Colón e atravessando a avenida fica o Puerto Madero e Puente de las Mujeres, minha segunda parada.


Puerto Madero e Puente de las Mujeres

O Puerto Madero é um porto sofisticado da cidade. Ali se concentram hotéis de luxo, restaurantes famosos, bares e até um cassino flutuante.


Parque Mujeres Argentinas e Laguna de las Gaivotas

Atravessamos a Puente de las Mujeres e chegamos ao Parque Mujeres Argentinas! Achei o lugar muito lindo, bem cuidado e tinham muitas pessoas praticando atividades físicas e deitadas na grama aproveitando o dia.

Andando um pouco mais após o Parque, atravessamos a Avenida e chegamos à Laguna de las Gaivotas.


Ficamos um tempo observando a lagoa e os animais, e voltamos para o Puerto Madero, dali pegamos um uber e fomos para o El Caminito, um bairro ali perto que é a cara de Buenos Aires. O uber custou 127 pesos (cerca de 25 reais) e foi bem rapidinho.

El Caminito e Estádio do Boca Júniors

El caminito fica no bairro La Boca, que segundo o motorista do uber é uma favela (ele falou para tomarmos cuidado com os pertences ali), mas até que achei bem tranquilo! Lá tinham muitos brasileiros e pessoas vestidas com roupas de tango que te assediam muito para tirar uma foto com eles (e cobrarem por isso, claro). Se você não quiser, deixe isso bem claro porque são muito insistentes.

Depois de conhecer o Caminito, andamos cerca de 3 quadras e fomos até o Estádio do Boca Júniors. Tiramos algumas fotos por fora mas não entramos.

Dali pegamos um táxi para a Floralis Genérica, mais um símbolo da capital Argentina.

Floralis Genérica e Museu Nacional de Belas Artes

Ícone da cidade e rodeada por parques, pela Faculdade de Direito e pelo Museu Nacional de Belas Artes, a flor à noite estava iluminada e faz um movimento de abrir e fechar, é bem lento esse processo, quase imperceptível.

Também não cheguei a entrar no museu pela falta de tempo, mas pra quem estiver indo com mais tempo, você pode achar a programação de exposições no site do museu.


Andamos em direção ao Cemitério da la Recoleta, que está no 9º lugar no TripAdvisor, mas esse não chegamos a entrar (estava a noite e confesso que não estava nos meus planos entrar num cemitério a noite hahahaha), mas segundo esse guia, é um lugar com tumbas muito bonitas e cheio de histórias.


No caminho tinha a Plaza Intendente Alvear, onde ficamos alguns minutos antes de pegar um metrô para voltar ao hostel onde tinhamos deixado as nossas coisas.


E por falar nisso, o Aeroparque não tem serviços de armários para guardar as coisas.


Nossa sorte foi que em Bariloche conhecemos o Miguel, um Brasileiro que também estava em Buenos Aires e deixou nossas coisas no hostel que ele estava hospedado. Obrigada Miguel! Salvou o dia! haha


Jantamos e pegamos um Uber para o Aeroporto Internacional Ezeiza, que custou 500 pesos (100 reais).


Conhecemos alguns dos pontos principais de Buenos Aires em algumas poucas horas e a experiência foi ótima, super recomento!

RESERVE AQUI A SUA VIAGEM!

(Você sabia que reservando pelos nossos links aqui do blog, você não paga nada a mais e nós ganhamos uma pequena comissão? Isso ajuda muito a manter o blog e trazer mais conteúdo legal e gratuito! <3)


🏨 Hospedagem

🚘 Carro com até 60% de desconto

📮 Seguro Viagem

✈️Passagens aéreas

📲 Chip Internacional

Para quem tem mais tempo para aproveitar em Buenos Aires, recomendo o guia de 4 dias do blog Família Sem Fronteiras.


Gostou do guia? Deixe o seu comentário!


Até a próxima!

Viaje com pouco!


#viajecompouco #buenosaires #oquefazerembuenosaires #aeroportosdebuenosaires #transferentreaeroportosembuenosaires #casarosada #puertomadero #puentedelasmujeres #parquemujeresargentinas #lagunadelasgaivotas #elcaminito #bocajuniors #floralisgenerica #museunacionaldebelasartes #cemiteriodelarecoleta #plazaintendentealvear #aeroparque #ezeiza

0 visualização

© 2017 Viaje com Pouco. Todos os direitos reservados.