• Viaje com Pouco

Phi Phi Island - Tailândia


Olá viajantes!!

Essas dicas são para os que sonham conhecer uma das mais belas ilhas do sudoeste asiático


A Phi Phi é um dos principais arquipélagos do sul da Tailândia.

Dá pra chegar pelo aeroporto de Phuket ou de Krabi. Escolhi ir por Phuket somente pelo preço da passagem, que era bem mais barata. Phuket fica no sul do país, na parte do continente, e é uma cidade média com praias lindas e tem preços de hospedagens bem acessíveis. Paguei 20 reais na noite para um quarto de casal com banheiro compartilhado. É de lá que saem os ferry boats para Phi Phi, então é uma boa escolha pra quem for sair logo cedo pras ilhas. Além de Phuket, ao chegar no aeroporto, é possível ir direto à Pathong, outra cidadezinha no sul da ilha, mas na outra costa. Bem diferente de Phuket, é onde acontecem as festas (bem loucas, por sinal). De lá é possível ir pra Phuket de transporte privado, tuk tuks ou taxis. Dá em média 50 reais a viagem.

Chegando no porto, em Phuket, para pegar o ferry, eu sugiro que compre somente a ida, porque os valores saindo de Phuket são mais altos e porque durante a estadia em Phi Phi, pode ser que você prefira ir pra outra ilha e voltar direto de lá pra Phuket! Os ferry boats são bem confortáveis e oferecem um lanchinho com café ou chá e a viagem dura em torno de 2 horas e meia e custa 60 reais o trecho de ida. A chegada no porto da ilha é lindíssima e eu aconselho muito vê-la desde a parte de cima do barco.


Na ilha tem diversas opções de hospedagem, desde resorts a hostels com ventilador e água gelada! Os preços variam desde 25 reais a noite! Ficamos em uma guest house na rua atrás da praia, com quarto privado (porque fui acompanhada e queríamos mais privacidade), banheiro privado e ar condicionado e pagamos 40 reais na noite!

A ilha tem três praias principais, a do centro, de água verdinha e mais cheia, a do lado oposto, onde tem mais resorts e por isso é mais vazia, e Long Beach, em um lugar um pouco mais distante (uns 20 minutos de caminhada) mas de água azulzinha! Todas são lindas! Também recomendo subir ao mirante, possui fácil acesso e tem uma vista maravilhosa de todas as praias.


Outra dica legal é que tem hoteis com piscina na beira da praia que deixam pessoas de fora utilizarem a piscina somente comprando uma bebida ou pagando um valor de entrada, então pros piscineiros de plantão é uma forma de pagar baratinho em uma hospedagem e curtir uma piscina na beira da praia.


A comida na ilha também não é muito cara. Em um jantar em restaurante paguei 15 de reais em um arroz tailandês com camarão espetacular! O mesmo preço também paguei em um risoto de frutos do mar sensacional! Mas as comidas de rua também são bem gostosas e mais baratas. Um pad-thai (tipo de yakissoba tailandês) custa em torno de 5 a 8 reais e é bem servido e as panquequinhas tailandesas também valem super a pena e custam em torno do mesmo preço.


À noite a ilha se transforma em uma verdadeira festa! Daquelas de filmes mesmo. Gente de todo lugar do mundo dançando na praia, diversos desafios como pular corda de fogo, pular corda normal ( importante mencionar ganhei um dos concursos!), aquele de passar "embaixo da cordinha" etc.. São várias opções de bares com tipos de música diferentes e como não tem que pagar entrada (porque as festas são na areia) a gente passava de uma festa pra outra durante toda a noite!


Além disso, as bebidas são vendidas em várias barraquinhas espalhadas pelo centro da ilha e são super gostosas e baratas! Com 15 reais é possível comprar um baldinho (desses de brincar na areia) com mojito, piña colada e outras tantas opções.



Confiram o post sobre os passeios que fiz pelas outras ilhas de Phi Phi!


Ainda tem duvidas? Confere as dicas de Phi Phi do Blog Leve na Viagem!

Até a próxima!

#viajecompouco


219 visualizações

© 2017 Viaje com Pouco. Todos os direitos reservados.